Descubra o quanto sua operação está deixando de economizar todos os meses através da calculadora do Prolog.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Como funciona um calibrador de pneus na frota

Calibrar pneus é uma ação fundamental para garantir o bom estado do ativo e a segurança nas estradas. Entenda como fazer uma calibragem precisa.
Entenda o meio mais vantajoso de calibrar pneus.

Você precisa calibrar pneus quando eles estão murchos, pois significa que falta ar e a pressão da peça está baixa. Ou, ao contrário, quando eles estão muito cheios — e a ação de calibragem é o esvaziamento do pneu.

Pode parecer algo simples, mas, quando se trata de uma frota inteira, existe a possibilidade de alguns pneus ficarem esquecidos se você não tiver um processo ágil de gestão. 

Nesses casos, o prejuízo pode ser grande, já que realizar rotas com a calibragem desregulada aumenta o consumo de combustível e danifica a estrutura dos pneus.

Se tratando de uma peça fundamental para o bom funcionamento dos caminhões, você precisa conhecer mais sobre seus cuidados, incluindo a calibragem dos pneus.

Nesse post, confira:

Quando é preciso calibrar pneus na frota?

É indicado realizar a calibragem dos pneus, no mínimo, a cada 15 dias. Mas, para veículos que rodam com mais frequência, como diariamente ou várias vezes na semana, uma calibragem semanal pode ser necessária.

O acompanhamento da pressão é essencial para entender quantas vezes é preciso calibrar os pneus, já que não é possível ver, fisicamente, quando ela é necessária.

Além disso, é importante possuir um cronograma de manutenção preventiva na frota, a fim de analisar aspectos que podem estar impactando os pneus — como problemas na suspensão —, e tomar as providências necessárias.

Planilha gratuita para o controle de pneus na frota

Organize em um só lugar o registro de todos os pneus de sua operação e reduza custos através de uma maior vida útil e menor consumo de combustível.
Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Conferir o estado visual dos pneus precisa estar incluso no checklist de rotina do motorista. Assim, analisando se há desgastes muito visíveis ou concentrados na banda de rodagem, algo que pode indicar problemas de calibragem ou da própria estrutura do veículo.

Da mesma maneira, essa combinação de revisões contribui para determinar quando calibrar os ativos e manter o seu bom estado de conservação.

Por que calibrar pneus é importante?

Quando os pneus estão murchos, o motor precisa realizar uma força maior para movimentar o caminhão, e a consequência é um maior gasto de combustível.

A pressão baixa das peças também tem influência na frenagem, reduzindo sua eficácia. 

Ainda mais, aumenta os riscos de aquaplanagem, causando a instabilidade do veículo e diminuindo sua aderência ao solo.

Pneus calibrados corretamente desgastam menos, têm uma vida útil maior e maior segurança e conforto nas estradas: eis a sua importância.

O calibrador de pneus é bom ou é melhor calibrar pneus no posto?

Ambas alternativas podem ser benéficas, por isso, vale analisar conforme as necessidades da sua operação em específico qual apresenta mais vantagens.

Por exemplo, um calibrador de pneus é excelente para ter na frota pelo fato de ser constantemente utilizado — até diariamente, dependendo da quantidade de veículos que tem disponível na sua operação.

Nas grandes operações, até mais de uma unidade do calibrador é necessária para dar conta do volume de demanda.

Por outro lado, os calibradores de postos, lojas especializadas e oficinas são igualmente bons. O problema é que, nem sempre as rotas incluem um posto próximo, sendo pouco prático realizar essa tarefa fora da central da operação.

Ainda assim, eles devem ser usados durante as viagens longas, que necessitam desse tipo de manutenção no trajeto.

Vale considerar:

É na empresa que o caminhão passa por toda a sua revisão e deve ter seus pneus adequados à pressão correta antes de sair para uma nova entrega.

Como funciona um calibrador de pneus?

Os calibradores comuns possuem uma mangueira sem pressão por questão de segurança. Ou seja, quando ela não é usada, a pressão é zero. O aparelho tem ainda um tipo de diafragma, que abre e fecha no seu interior, e permite ou não a passagem de ar.

O que acontece, para ele funcionar corretamente, é:

Quando a mangueira do calibrador é encaixada na válvula do pneu, ela fica pressurizada devido ao ar interno da peça que sai para a mangueira.

Neste momento, a leitura é realizada, comparando a pressão programada no aparelho com a que passa pela mangueira.

Se a pressão no pneu é inferior à ideal, marcada no aparelho, o diafragma envia ar para o seu interior. Já quando a pressão está superior à indicada, o aparelho não libera ar para que ele saia dos pneus e passe então pela mangueira, chegando na pressão correta.

Sempre que o pneu chegar na pressão indicada no aparelho (aquela recomendada pelo fabricante do veículo), ele emite um sinal sonoro confirmando que chegou na calibragem correta.

Como calibrar pneus no posto?

Passo a passo, todos os aparelhos de calibrar pneus podem ser utilizados da seguinte maneira:

1. Digite no calibrador o número da pressão ideal para o seu veículo.

2. Retire a tampa da válvula do pneu.

3. Quando houver trava na ponta do calibrador, aperte para destravar.

4. Encaixe a mangueira na válvula.

5. Aguarde o aviso sonoro do calibrador, que indica que atingiu a pressão correta.

6. Retire a mangueira e coloque a tampa da válvula de volta.

7. Organize a mangueira de volta no aparelho de calibragem.

Lembre-se de também calibrar o estepe, de preferência com cerca de 5 psi acima do normal, para manter a sua pressão por mais tempo, já que os pneus parados perdem ar com mais facilidade.

Qual é a pressão ideal para calibrar pneus?

Existe uma recomendação de calibragem no manual do proprietário de veículo e os fabricantes de pneus também podem indicar a pressão mais adequada para cada modelo de pneu que você adquirir.

Mas, para conhecer as pressões de calibragem ideais para os pneus da sua frota, você só tem uma opção:

Realizar a gestão de pneus!

Através dela, você tem um acompanhamento mais próximo da pressão a cada semana, realizando ajustes conforme necessário e entendendo se os pneus estão com o desgaste sob controle ou se estão sendo perdidos antes do tempo previsto.


A medição e monitoramento de pressão pode ser feito por meio de aparelhos manuais ou digitais, como o aferidor eletrônico do Prolog — conheça melhor essa nossa ferramenta prática e que traz precisão à sua gestão.

Autor

Luiz Felipe

Sócio fundador e CTO na Prolog App

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.