Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Gestão de estoque com o método SKU

Entenda como a gestão de estoque traz segurança operacional e garante a qualidade do serviço ao cliente.
Entenda

Nada melhor para conhecer o que é gestão de estoque, do que colocá-la em prática. Para isso, é importante seguir um passo a passo que indique as informações sobre essa etapa na empresa.

Independente do tamanho da sua frota e da sua operação, é fundamental criar um padrão para organizar o estoque de peças desde o começo, pensando na otimização dos processos, controle de custos e planejamentos de metas e objetivos.

A eficiência de um estoque vem desde a gestão de veículos e precisa realizar boas práticas para melhorar o seu controle. E é nisso que vamos te ajudar hoje. Confira:

O que é gestão de estoque?

A gestão de estoque é quando a empresa se responsabiliza por codificar ou nomear, setorizar e catalogar as peças utilizadas para reparos e consertos da frota.

Isso faz com que sempre tenham componentes disponíveis para substituição, evitando que os veículos fiquem por um longo período ociosos, esperando pela compra ou chegada de novos itens.

O gerenciamento adequado do estoque faz com que demandas de manutenção sejam atendidas de imediato, trazendo mais qualidade nos serviços oferecidos ao reduzir as chances de atraso nas entregas, além de segurança operacional.

Como fazer a gestão de estoque?

1. Planejar e organizar as demandas

O primeiro passo para fazer o controle de estoque é definir quais tipos de peças e suas quantidades serão adquiridas para iniciar o setor.

Planilha gratuita para o controle de pneus na frota

Organize em um só lugar o registro de todos os pneus de sua operação e reduza custos através de uma maior vida útil e menor consumo de combustível.
Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

É importante avaliar:

  • Quais itens mais apresentam falhas?
  • Quais itens desgastam mais rapidamente?
  • Quais itens são difíceis de adquirir na necessidade de uma manutenção corretiva?

A partir das respostas é possível entender as maiores demandas da gestão de manutenção e realizar compras certeiras que darão início ao estoque da frota.

Além disso, ao avaliar o histórico de ordens de serviço da sua operação, você pode identificar a variação de demanda de peças ao longo do tempo e conseguir um planejamento ainda mais eficiente.

2. Inventário e armazenagem

O inventário é realizado por uma planilha ou sistema que armazena a entrada e saída de peças do estoque. Também é registrado no meio de controlar dados como os prazos de validade — por exemplo, para óleos e lubrificantes.

Nessa etapa, alguns métodos como o uso de código de barras, tags específicas ou do código SKU — que você entende melhor abaixo — são um bom caminho a seguir.

Depois de catalogar os itens do estoque, confira as suas especificações para uma armazenagem adequada.

Alguns produtos necessitam de temperatura e local específico ao ser guardado, sendo importante seguir as recomendações do fabricante para evitar a perda de qualidade.

3. Tecnologias de gestão

Empresas de grande porte, com muitos veículos e maquinários ou de alta demanda de entregas precisam de agilidade em seus procedimentos.

Dessa forma, um sistema que rapidamente realize o cadastro, entradas, saídas e pesquisas de peças agiliza muito a localização de itens e as manutenções.

Por que a metodologia de gestão SKU tem ganhado destaque?

Embora haja outros meios de realizar o controle de estoque, como a curva ABC, o método “Just in Time” e o método “PEPS”, o código SKU tem sido cada vez mais utilizado.

“Stock Keeping Unit”, traduzido como Unidade de Manutenção de Estoque, o SKU é um código único de identificação de itens formado por letras e números.

Essa combinação descreve o produto e gera um tipo de registro que facilita realizar buscas e acessar o seu histórico, entendendo se ainda está em estoque ou foi vendido, entregue, substituído, etc.

O código SKU é criado a partir das características do produto, sendo, geralmente, formada por:

  • Fabricante;
  • material;
  • tamanho ou dimensões;
  • descrição do item;
  • cor;
  • embalagem;
  • garantia.

Quando um caminhão transporta 50 caixas de vinho tinto, 50 caixas de vinho branco e 50 caixas de vinho rosé, ele está carregando 3 tipos de SKUs diferentes, um para cada tipo de vinho.

Como exemplo: VIN-700-TIN-PORT

VIN: Significa vinho;

700: 700 ml

TIN: Tinto

PORT: Portugal

Temos o SKU de um vinho de 700 ml, tinto, de origem portuguesa.

É importante lembrar que mais detalhes podem ser incluídos em cada produto, principalmente para caracterizar as pequenas variações que existem em cada item de um estoque.

Quanto mais descritivo, mais rápida será sua localização.

O SKU é como o código de barras?

Ambos são códigos de identificação de produtos, porém o código de barras só pode ser lido por um sistema. Enquanto isso, o SKU é criado pela própria empresa seguindo uma sequência lógica, e qualquer pessoa pode realizar a sua leitura.

Por que é importante fazer a gestão de estoque?

Mais que facilitar as manutenções da empresa e organizar a demanda de requerimento de novas peças para a frota, que já são bastante importantes, a gestão de estoque tem uma grande ligação com a saúde financeira e a reputação da empresa no mercado logístico.

Isso, porque um estoque organizado e com tudo necessário para manter a fluidez dos processos operacionais, garante que as entregas sejam feitas dentro dos prazos e as mercadorias transportadas com segurança e cuidados adequados.

Além de melhorar a produtividade na rotina da empresa, aumentar o controle de custos — evitando gastos inesperados — traz muito mais credibilidade para os negócios, chamando atenção de mais clientes e gerando crescimento empresarial.

Para você começar pelo caminho certo, conheça a planilha de gestão de manutenção de frotas do Prolog, onde é possível também controlar o estoque de peças da sua frota. Baixe grátis.

Autor

Luiz Felipe

Sócio fundador e CTO na Prolog App

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.