Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Guia para a inspeção veicular da frota

Para tornar a inspeção de veículos em um processo eficiente e ágil, você precisa conhecer esses segredos. Confira.
Faça a melhor inspeção veicular na sua frota.

A inspeção de veículos é indispensável para a conservação e durabilidade da sua frota. Você sabe o que é, como fazer este processo e os benefícios que traz?

Para começar, você deve saber que a inspeção faz parte do conjunto de ações de uma rotina de manutenção preventiva e que a mesma é essencial para as operações de transporte.

Aliás, isso é verdade apenas se você pretende gerar economia, segurança e produtividade na sua gestão. Para aprofundarmos o tema, confira:

O que é a inspeção de veículos?

A inspeção de veículos é a ação de verificar os componentes de um veículo a fim de identificar se estão em perfeito funcionamento ou apresentando falhas. 

Desta forma, tendo como principal objetivo evitar que um veículo saia para a rota planejada e acabe estragando ou quebrando no meio do caminho, podendo causar um acidente em estrada.

Inclusive, esta é parte da resposta para a próxima questão:

Por que fazer a inspeção de veículos?

Além de ser uma parte essencial da gestão de veículos para aumentar a segurança na estrada, prevenindo falhas que causam acidentes, também tem outro papel fundamental: promover a sustentabilidade da frota.

KIT
Cheklist: Modelos + Manual

Comece a aplicar o checklist agora em sua operação

Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Isso, porque as revisões frequentes permitem um funcionamento adequado de todas as partes e componentes do veículo, principalmente quando falamos de pesados, como caminhões e ônibus.

Esses veículos costumam ser mais poluentes pela emissão de gases nocivos ao meio ambiente, mas, com a inspeção deles, é possível identificar com agilidade os problemas que aumentam esse efeito.

Assim, sendo também possível corrigi-los e até entender quais marcas e modelos possuem um desempenho mais adequado para cumprir as metas de criar uma frota sustentável na sua operação.

Como fazer a inspeção veicular da frota?

Como fazer a inspeção veicular da frota.

A melhor maneira de fazer a inspeção de veículos é com o auxílio de um checklist — uma ferramenta que lista todos os itens a serem avaliados durante a revisão veicular.

Dessa maneira, existe uma garantia de que todos os aspectos serão verificados, aumentando a segurança do veículo e reduzindo as ocorrências de problemas mecânicos.

Agora, para fazer o checklist, pode seguir diferentes métodos. Você consegue separar os itens por inspeções diárias, semanais, quinzenais e assim vai até o checklist de inspeção anual.

Também pode ter algumas revisões mais específicas, abordando apenas os sistemas mecânico e elétrico ou verificando uma parte específica do veículo, como a suspensão.

O que você precisa verificar na inspeção veicular?

Todos os itens do veículo precisam ser inspecionados em algum momento, o que você precisa é identificar a frequência de realização do checklist para, então, incluir os itens correspondentes na avaliação.

Por exemplo, no checklist diário, antes de sair para uma rota, você precisa incluir:

  • Funcionamento de luzes dos faróis, separando pela localização dos faróis, como:
ItemOKNOK
Farol direito dianteiro X
Farol esquerdo dianteiro X
  • Nível de combustível, identificando a necessidade de abastecimento para a rota ou não;
  • Funcionamento da buzina para comunicação no trânsito, caso necessário;
  • Teste dos freios, evitando que o veículo parta para uma rota sem o funcionamento adequado da frenagem;
  • Travagem do cinto de segurança, garantindo que, em caso de batidas ou outros acidentes, o motorista tenha essa segurança.

Entre outros itens que considerar importantes para os veículos da sua frota, esses são essenciais para a segurança e eficiência de uma rota, então devem ser inspecionados sempre.

Já para um checklist de inspeção eletrônica, você precisa incluir itens como:

  • Caixa de fusível;
  • Sensores;
  • Alternador;
  • Válvulas;
  • Atuadores.

Como você pode notar, a inspeção de veículos pode acontecer de diferentes maneiras, e você pode criar diversos modelos de checklist para cada momento. 

Ou seja, o primeiro passo para implementar essa ferramenta na frota é definir qual será o método utilizado na sua operação: checklist por tempo de inspeção, checklist por sistema do veículo, ou checklists mais pontuais, como o de inspeção de segurança veicular.

Quando fazer uma inspeção de veículos?

Ela pode ser feita de maneira diária, semanal, quinzenal, mensal, trimestral, semestral ou anual. Inclusive, mais de um tipo de inspeção de veículos acontece na sua frota. A diferença está, em grande parte, na dificuldade de inspeção e tempo médio para avaliar cada item.

Para você entender melhor, a inspeção da suspensão de um caminhão deve ser feita com atenção e detalhamento, avaliando as pequenas peças e componentes desta. É inviável realizar esse tipo de análise do veículo todos os dias, não é mesmo?

Ainda mais que, a suspensão não costuma apresentar problemas com tanta frequência, sendo uma inspeção quinzenal ou mensal suficiente para mantê-la em pleno funcionamento.

Por isso, organizar as listas de inspeção e montar um cronograma é essencial para atingir os resultados esperados da manutenção preventiva — a redução de correções e de custos da frota, assim como a melhoria na segurança das operações de transporte.

Quais os segredos da inspeção de veículos?

Segredos da inspeção de veículos.

1 – Priorize a coleta e análise de dados

Relatórios “esquecidos na gaveta” não fazem nada por você nem pela sua operação! Ainda mais se forem dados que podem transformar a sua gestão e trazer resultados mais positivos na economia e produtividade da frota.

Você deve coletar esses dados e, também, analisá-los com frequência. 

Mais do que ver a importância na inspeção de veículos para evitar acidentes, falhas mecânicas, etc., você precisa enxergar o quanto as informações coletadas nesse momento são valiosas para a sua tomada de decisão.

Para transformar a sua rotina, ter mais agilidade e produtividade na geração, e análise desses dados, você precisa do checklist digital. Embora uma ferramenta como a planilha consiga suprir várias necessidades da inspeção, ela gera relatórios e análises de maneira automática, como o checklist digital faz.

Além disso, manter um histórico de problemas que o veículo apresentou (e qual veículo foi) e saber a validade da inspeção veicular de cada placa são informações que você precisa na sua gestão — algo que o digital possibilita com facilidade.

Para ficar ainda mais claro, aqui vai um exemplo:

Você quer medir a produtividade dos mecânicos da sua frota. Como fazer isso? Bom, ao usar o software de inspeção, você tem acesso aos dados que podem responder a sua dúvida.

Conforme as ordens de serviços são abertas e o mecânico se torna responsável por ela, é calculado um tempo médio de conserto de cada uma. 

Para cada mecânico, você consegue visualizar a quantidade total de consertos e a média em horas para a solução dos problemas.

E essa é apenas uma entre diversas outras informações que você pode extrair dos dados coletados em uma inspeção veicular.

2 – A ordem dos itens de inspeção deve fazer sentido

O principal problema dos checklists de papel é que a ordem de verificação pode acabar bagunçada e tornar a tarefa ainda mais demorada do que deveria ser. 

Isso acontece porque, na maioria dos casos, os itens da lista não foram pensados de acordo com a praticidade do processo, mas, sim, em ordem alfabética.

A inspeção precisa ser otimizada para seguir uma ordem lógica, evitando que o inspetor fique indo e voltando várias vezes nos mesmos lugares.

Principalmente as inspeções diárias, que devem ser rápidas e práticas, acabam tomando minutos a mais. Mesmo que não pareça muita coisa, se avaliar no fim do mês, notará que foram horas acumuladas ao invés de poucos minutos.

Portanto, a conclusão que você deve levar aqui é: 

Organize o processo de inspeção veicular com uma ordem que faça sentido para os motoristas darem menos voltas ao redor do veículo.

3 – Instruções para a inspeção veicular devem existir

Cada veículo tem suas próprias características e particularidades, principalmente modelos mais novos que surgem com diferentes recursos todos os anos. Os motoristas também possuem diferentes experiências e conhecimentos.

Por isso, ter um manual de boas práticas na inspeção é importante. Então, crie instruções e até mesmo ilustrações para o uso do checklist. Desse modo, quem for realizar a tarefa não encontrará dificuldades. 

4 – Evite escrever a mão sempre que possível

As escritas a mão podem gerar confusões, seja na hora da leitura para conserto ou para análise do gestor. Inclusive, muitos dados podem acabar interpretados de maneira errônea por conta de uma letra ilegível.

Pior ainda, os mecânicos podem não corrigir um problema sério por falta de entendimento da escrita. É algo que não deve ser arriscado.

5 – Aproveite o digital

Se você ainda não entendeu todos os benefícios que um checklist eletrônico traz para a inspeção de veículos da sua frota, saiba que:

Além de agilizar o processo e deixar a inspeção mais organizada para os motoristas, você também recebe relatórios completos e visualiza com mais clareza a saúde de todos os veículos da frota em poucos segundos — e cliques.

E a facilidade se estende ainda mais com o fácil acesso aos sistemas através do celular, podendo o gestor tomar algumas ações mesmo quando não estiver em seu escritório. Ou seja, os benefícios são para todos os colaboradores da frota.


Quer conhecer mais o Checklist Eletrônico e os benefícios que traz à sua gestão? Agende uma demonstração gratuita com um de nossos especialistas.

Autor

Luiz Felipe

Sócio fundador e CTO na Prolog App

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.